domingo, 16 de julho de 2017

das respostas

nem nos cacos
nem nos cortes

nem na faca
nem nos fósseis

é na palavra
é nos olhos

que a poesia
nasce ou morre...

Um comentário: