domingo, 2 de abril de 2017

alhures

abrem-se os dias
uns em meio a nuvens
outros a céu aberto

incertos os sóis
incertos os lençóis
incerta a lua

e esses varais
à espera de sinais
à espera de poesias

essas
que escondem-se
nas palavras nuas

as tuas...

Um comentário: