domingo, 17 de janeiro de 2016

imagens...


ah,
e se a poesia
me reflete, dela
eu sou reflexo.

um jogo
no escuro, de tato,
cheiro, pedras, fel,
açúcar e pele.

um caso
de amor e ódio
entre minhas folhas
não tão brancas
e meus poros...

Um comentário:

  1. A poesia é como um deus

    está em todos os vagarosos instantes

    ResponderExcluir